Pages

Monday, June 15, 2009

Diana Krall

Ontem, sábado, minha noite foi melhor do que eu poderia esperar. Fomos ao show de Diana Krall, que mulher impressionante. No palco, nada de espetacular. Apenas uma cortina preta do teto ao chão refletindo luzes coloridas. De fundo a orquestra, que ela sempre usa a local, mais a frente os músicos dela e no meio do palco o piano. Lindo! Todo preto. E o banquinho, claro.

Uma dupla, não sei exatamente de onde, apenas que falavam Espanhol, abriu o show. Legal mas monótona. Às 8:30 ela entrou no palco. Linda! Deu um breve "oi" e começou a tocar sem dizer nada. Cheguei a pensar que ela era antipática. Mas logo depois da primeira música ví que havia me enganado completamente.
Acho que simpatia é sua marca registrada. Conversou o tempo inteiro, falou muito bem do Brasil nos momentos em que se referiu ao país. Muito engraçada ela. Rí horrores.

Sobre a voz e a música nem preciso falar muito. Impressionante! Marcante! Lindo! O clima tava maravilhoso. O lugar era aberto, a noite tava bonita, o céu estrelado... perfeito! Parece que São Pedro sabia que horas terminava, bastou entrar no carro e desabou uma chuva inexplicável. Enquanto tava lá me lembrei por alguns momentos do show de Norah Jones em 2004. Exatamente do mesmo jeito, mesma atmosfera. Inesquecível.

Vão aqui umas fotos que tirei.






2 comments:

Caio Abreu said...

Se eu morasse em SP ou no Rio acho que meu dinheiro ia todo pra ingressos de shows hehehe

pauloveras said...

Ontem fui aqui em Goiania ver a Paula Fernandes. ME surpreendi com a voz, as letras, a musica em geral.
Se não conheces ainda, vale a pena conferir.
Beijos

Monday, June 15, 2009

Diana Krall

Ontem, sábado, minha noite foi melhor do que eu poderia esperar. Fomos ao show de Diana Krall, que mulher impressionante. No palco, nada de espetacular. Apenas uma cortina preta do teto ao chão refletindo luzes coloridas. De fundo a orquestra, que ela sempre usa a local, mais a frente os músicos dela e no meio do palco o piano. Lindo! Todo preto. E o banquinho, claro.

Uma dupla, não sei exatamente de onde, apenas que falavam Espanhol, abriu o show. Legal mas monótona. Às 8:30 ela entrou no palco. Linda! Deu um breve "oi" e começou a tocar sem dizer nada. Cheguei a pensar que ela era antipática. Mas logo depois da primeira música ví que havia me enganado completamente.
Acho que simpatia é sua marca registrada. Conversou o tempo inteiro, falou muito bem do Brasil nos momentos em que se referiu ao país. Muito engraçada ela. Rí horrores.

Sobre a voz e a música nem preciso falar muito. Impressionante! Marcante! Lindo! O clima tava maravilhoso. O lugar era aberto, a noite tava bonita, o céu estrelado... perfeito! Parece que São Pedro sabia que horas terminava, bastou entrar no carro e desabou uma chuva inexplicável. Enquanto tava lá me lembrei por alguns momentos do show de Norah Jones em 2004. Exatamente do mesmo jeito, mesma atmosfera. Inesquecível.

Vão aqui umas fotos que tirei.






2 comments:

Caio Abreu said...

Se eu morasse em SP ou no Rio acho que meu dinheiro ia todo pra ingressos de shows hehehe

pauloveras said...

Ontem fui aqui em Goiania ver a Paula Fernandes. ME surpreendi com a voz, as letras, a musica em geral.
Se não conheces ainda, vale a pena conferir.
Beijos