Pages

Tuesday, April 14, 2009

Igualdade, recicle seus conceitos.



Igualdade para todas as pessoas, independente de qualquer coisa. É isso que eu quero daqui pra frente. Levo essa marca em meu corpo pra sempre, com muito orgulho de ser alguém que não tem preconceitos.

Não aguento mais ver tantas injustiças no mundo porque a maioria das pessoas não aceita o fato de sermos todos diferentes uns dos outros.
Idosos são mal tratados, deficientes ridicularizados sem dó nem piedade, negros tratados como se não fizessem parte da raça humana, homossexuais vistos como pervertidos e doentes, mauricinhos que se acham superiores ao resto da humanidade por pertencerem a uma "classe" mais favorecida queimam índios e mendigos enquanto eles dormes ao relento, espancam garotas de programas e se aproveitam de empregadas domésticas.
Ironia ou não o mundo está em guerra por causa da religião. Aquela que era suposta unir e não separar, causar paz e não ódio, ensinar a aceitar e não a julgar...
Aonde vamos parar?

Porque todos não podemos ser vistos da mesma forma e termos os mesmo direitos? Imagina se todas as pessoas fossem iguais, como o mundo seria chato e monótono? A graça tá na diferença, na diversidade. É tão bonito encontrar alguém que é o oposto de você e ver nele(a) virtudes ao invés de defeitos...

A ambição leva o ser humano a cometer atos cruéis uns contra os outros por dinheiro e poder apenas. Se atropelam sem pena. Vale tudo pra chegar no topo. Matar sim, morrer jamais.

Aproveite que reciclar tá na moda e reveja seus conceitos. Reflita sobre sua vida, seus atos. Entenda que ter a pele mais clara, um pouco mais de dinheiro e ser jovem não te faz melhor do que ninguém. Depois que morrermos iremos todos pro mesmo lugar e seremos todos comidos por tapurús famintos.

Ensine aos seus filhos que ser diferente é normal e faça-os espalhar essa idéia, afinal eles são o futuro do planeta.

Recicle seus conceitos. Igualdade já!!

3 comments:

Caio Abreu said...

Igualdade já!
As pessoas estão dominadas por um ego gigante que são incapazes de sentir a dor do outro ou enxergá-lo como semelhante e sim como adversário e concorrente. Até onde isso vai parar? Já não chegamos ao fundo do poço?

Parabéns pelo seu blog. Muito bom seus textos, gostosos de se ler. Vou adicionar nos meus favoritos!

Abraços e boa semana!

André said...

Concordo com tudo que você escreveu, sofro por ser na teoria diferente, as pessoas não acreditam na minha capacidade e as que acreditam são poucas.
Tenho que mostrar a cada dia do que sou capaz, mas fica a pergunta:
Até quando?
Igualdade já!

Beijão!!!!

Circunstâncias said...

Adorei!

Tuesday, April 14, 2009

Igualdade, recicle seus conceitos.



Igualdade para todas as pessoas, independente de qualquer coisa. É isso que eu quero daqui pra frente. Levo essa marca em meu corpo pra sempre, com muito orgulho de ser alguém que não tem preconceitos.

Não aguento mais ver tantas injustiças no mundo porque a maioria das pessoas não aceita o fato de sermos todos diferentes uns dos outros.
Idosos são mal tratados, deficientes ridicularizados sem dó nem piedade, negros tratados como se não fizessem parte da raça humana, homossexuais vistos como pervertidos e doentes, mauricinhos que se acham superiores ao resto da humanidade por pertencerem a uma "classe" mais favorecida queimam índios e mendigos enquanto eles dormes ao relento, espancam garotas de programas e se aproveitam de empregadas domésticas.
Ironia ou não o mundo está em guerra por causa da religião. Aquela que era suposta unir e não separar, causar paz e não ódio, ensinar a aceitar e não a julgar...
Aonde vamos parar?

Porque todos não podemos ser vistos da mesma forma e termos os mesmo direitos? Imagina se todas as pessoas fossem iguais, como o mundo seria chato e monótono? A graça tá na diferença, na diversidade. É tão bonito encontrar alguém que é o oposto de você e ver nele(a) virtudes ao invés de defeitos...

A ambição leva o ser humano a cometer atos cruéis uns contra os outros por dinheiro e poder apenas. Se atropelam sem pena. Vale tudo pra chegar no topo. Matar sim, morrer jamais.

Aproveite que reciclar tá na moda e reveja seus conceitos. Reflita sobre sua vida, seus atos. Entenda que ter a pele mais clara, um pouco mais de dinheiro e ser jovem não te faz melhor do que ninguém. Depois que morrermos iremos todos pro mesmo lugar e seremos todos comidos por tapurús famintos.

Ensine aos seus filhos que ser diferente é normal e faça-os espalhar essa idéia, afinal eles são o futuro do planeta.

Recicle seus conceitos. Igualdade já!!

3 comments:

Caio Abreu said...

Igualdade já!
As pessoas estão dominadas por um ego gigante que são incapazes de sentir a dor do outro ou enxergá-lo como semelhante e sim como adversário e concorrente. Até onde isso vai parar? Já não chegamos ao fundo do poço?

Parabéns pelo seu blog. Muito bom seus textos, gostosos de se ler. Vou adicionar nos meus favoritos!

Abraços e boa semana!

André said...

Concordo com tudo que você escreveu, sofro por ser na teoria diferente, as pessoas não acreditam na minha capacidade e as que acreditam são poucas.
Tenho que mostrar a cada dia do que sou capaz, mas fica a pergunta:
Até quando?
Igualdade já!

Beijão!!!!

Circunstâncias said...

Adorei!