Pages

Thursday, March 19, 2009

Minha perdição

Meu vício, meu calmante, meu prazer, minha tentação, enfim... minha perdição!

Não tem remédio melhor pra TPM. Perdi as contas de quantos já comi hoje. Nesse período quanto mais eu como, mais quero.


História do Chocolate


Descoberto pelos povos Maias e Astecas em 1500 a.C., o chocolate passou a ser difundido pelo mundo a partir do século 16, quando o conquistador espanhol Hernán Córtes esteve no México e o levou para a Europa. Naquela época, os Astecas tomavam-no como uma bebida amarga e fria, preparada a partir da fruta do cacaueiro. Eles adicionavam pimenta e outras especiarias na bebida e chamava de "xocolatl" ou "chocoatl" (água amarga). Foi na Espanha que o chocolate recebeu a adição de açúcar, canela e baunilha.
No século seguinte, viajantes e comerciantes o introduziram na Alemanha, França e Itália. Em 1659, as primeiras tortas de chocolate começaram a ser vendidas em Paris. Uma década depois o chef Lassagne, que trabalhava para o duque de Plessis-Praslin, criou o primeiro bombom, coberto de caramelo.
A comercialização do chocolate começa em torno de 1875, quando o suíço Daniel Peter utilizou o leite em pó, inventado por seu conterrâneo Henri Nestlé, e apresentou ao mundo o chocolate ao leite. Na primeira década do século 20, surgiram as marcas internacionais: Neuhaus e Godiva, Callebaut e Cacao Barry, na Bélgica; Fauchon, La Maison du Chocolat e Menier, na França; Kohler e Lindt, Nestlé e Suchard, na Suíça; Van Houten's, nos Países Baixos; Cadbury e Rowntree, na Inglaterra; Milton Hershey, nos Estados Unidos.

2 comments:

Paula said...

Euuuu queroooooooo

Anonymous said...

bom comeco

Thursday, March 19, 2009

Minha perdição

Meu vício, meu calmante, meu prazer, minha tentação, enfim... minha perdição!

Não tem remédio melhor pra TPM. Perdi as contas de quantos já comi hoje. Nesse período quanto mais eu como, mais quero.


História do Chocolate


Descoberto pelos povos Maias e Astecas em 1500 a.C., o chocolate passou a ser difundido pelo mundo a partir do século 16, quando o conquistador espanhol Hernán Córtes esteve no México e o levou para a Europa. Naquela época, os Astecas tomavam-no como uma bebida amarga e fria, preparada a partir da fruta do cacaueiro. Eles adicionavam pimenta e outras especiarias na bebida e chamava de "xocolatl" ou "chocoatl" (água amarga). Foi na Espanha que o chocolate recebeu a adição de açúcar, canela e baunilha.
No século seguinte, viajantes e comerciantes o introduziram na Alemanha, França e Itália. Em 1659, as primeiras tortas de chocolate começaram a ser vendidas em Paris. Uma década depois o chef Lassagne, que trabalhava para o duque de Plessis-Praslin, criou o primeiro bombom, coberto de caramelo.
A comercialização do chocolate começa em torno de 1875, quando o suíço Daniel Peter utilizou o leite em pó, inventado por seu conterrâneo Henri Nestlé, e apresentou ao mundo o chocolate ao leite. Na primeira década do século 20, surgiram as marcas internacionais: Neuhaus e Godiva, Callebaut e Cacao Barry, na Bélgica; Fauchon, La Maison du Chocolat e Menier, na França; Kohler e Lindt, Nestlé e Suchard, na Suíça; Van Houten's, nos Países Baixos; Cadbury e Rowntree, na Inglaterra; Milton Hershey, nos Estados Unidos.

2 comments:

Paula said...

Euuuu queroooooooo

Anonymous said...

bom comeco